Uma história real

Olivia* era uma garota extremamente estudiosa. Sempre foi a primeira da sala e depois, mais velha, se tornou uma lenda viva na São Francisco (USP) pelo brilhantismo de seu impecável trabaho de conclusão de curso.

Como suas notas eram excepcionalmente altas, ganhou uma bolsa para fazer mestrado na NYU (New York University).

Maravilhada com a grande oportunidade partiu para a Big Apple e, rapidinho, começou a procurar um emprego para ajudar a bancar seu sonho. Não foi fácil porque Olivia* precisava de um trabalho flexível, que lhe desse tempo para estudar.

Foi então que tudo aconteceu.

Soube, através de uma amiga, que um casal de mais ou menos 40 anos, sem filhos e que viajava muito a trabalho, precisava de uma babá para Jedi, um pastor alemão já velinho.

Mais do que prontamente ela se candidatou à vaga.
Claro que com suas qualificações profissionais e seu incrível qi conseguiu o emprego, desbancando as outras candidatas menos preparadas e imensamente menos graduadas.

Suzan Stainner, a patroa de Olivia* fez as apresentações e ela e o cão se deram bem de primeira.

Naquela mesma noite o casal viajaria para Boston para um congresso e precisavam que ela dormisse lá por 5 dias. O dinheiro era realmente bom e ela topou prontamente.

Felizes e satisfeitos, todos se despediram.

Já era tarde e Olivia* foi dormir. Espalhou-se na cama king size do casal e passou uma noite agradável no apartamento dos Stainner no bairro de Bowery.
Quando acordou, serviu-se com as comidas finas e fartas que estavam na geladeira.
Radiante foi logo providenciar o café da manhã de Jedi.

Ela colocou comida na tigela do cão, mas ele nem se mexeu.
Tentou acariciar sua cabeça e falou com voz de criança ¨acorda Jedizinho, vêm comer¨. Nada.
Ainda tentou em inglês porque achou que poderia ser um problema de compreensão: ¨come on, buddy, let´s eat!¨.
Em vão.

Jedi estava estatelado no chão da cozinha, mortinho da silva.

O desespero tomou conta da jovem, ela não sabia o que fazer.
O casal não havia deixado telefone de contato de onde estavam e, com certeza, lhe atribuiriam a culpa.

Fosse como fosse, ela não podia deixar o cadáver ali.
Sentou-se em pânico e começou a pensar em cadeia, polícia e em ONGs protetoras dos animais que a levariam para interrogatório. Pensou até nas manchetes de jornal: ¨estudante brasileira mata chachorro indefeso!¨.

Foi nesse exato momento que o telefone tocou. Era Suzan.
Olivia, em pânico, deu a notícia enquanto as lágrimas corriam seu rosto.
Suzan foi compreensiva. Acalmou a gartora dizendo que Jedi já estava velho e que tinha sido melhor assim, pois ela não havia presenciado sua partida.
Suzan desligou e Olivia* se acalmou… até lembrar que não havia perguntado o que fazer com o corpo e nem pedido o telefone do hotel dos Stainner.

Não tinha jeito, ela ia ter que resolver tudo sozinha.
Foi então que lhe ocorreu uma idéia: procurar na internet sobre algum lugar que cremasse cães em NY. Achou!

A essa altura Jedi já tinha sido enfiado dentro de uma mala para cruzar a cidade com ela rumo a seu triste destino.

¨Meu Deus, como pesa!¨, pensou enquanto se contorcia para conseguir carregar a mala.

Adentrou com dificuldade o metrô mais próximo e foi descendo as escadarias.
De repente surge um sujeito alto, negro e com roupas largas e a aborda; ¨hey, can I help you, mam?¨. Ela prontamente respondeu que sim e, aliviada, agradeceu.
Quando foi questionada sobre o que havia na mala, pensou bem e achou que não seria bom responder ¨um cachorro morto¨.
Disse apenas ¨hã… um computador que eu acabei de comprar¨.

Dai o sujeito olhou para ela com espato. Depois olhou para a mala em sua mão. Olhou para ela de novo e disparou numa corrida tão rápida que os olhos de Olivia* mal puderam alcançar seu trajeto.

Para o casal ela disse apenas que enterrou Jedi no lugar mais belo do Central Park.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s