Conselhos da mamãe

Minha mãe fala coisas realmente sensacionais.
Ou pelo menos muito engraçadas.

Estavamos nós duas assistindo qualquer coisa na TV quando um cara se atraca com uma moça em algum canal. Não lembro se era um filme, uma novela ou um comercial. Só sei que, pelo contexto da coisa, se tratava de um casal de desconhecidos.
Impressionada com a pegada do sujeito, mandei na lata:

– Pô, queria ter essa disposição.
– Sério? De pegar um qualquer na rua?
– Mãe, ele não é qualquer um! Olha o tórax desse cara, olha esses braços, olha o jeito como ele beija ela…
– Ah, mas ele pode ser doente.
– Doente, mãe? Fala sério, isso aí é saúde pura!
– Só porque ele é saradão?
– É. E também era só usar camisinha.
– Ah, tá bom. Com a camisinha você não pega Aids, mas quem te garante que ele não tenha micose, sapinho ou, de repente, tuberculose?
– Tuberculose???
– É, tuberculose. Anote esse conselho no seu caderninho: quem vê corpão não vê pulmão. E tenho dito. Agora vamos mudar de canal que isso ai tá muito ridículo.

Por essas e outras que eu amo tanto a minha mãe.

Para ler ouvindo The Who – Teenage Wasteland

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s