Periódico

Haviam passado pouco tempo juntos, isso é fato.
Mas, até hoje, cada música, cada foto e cada copo usado de cerveja deixado em algum canto do bar, a faziam relembrar a história dos dois.
Agora sim, tendo vivido anos a fio depois daquilo, tinha a certeza de que nunca mais se apaixonaria por ninguém.
Pelo menos não com a intensidade que havia se entregado a ele.
Ele foi o único que, além de sua nudez, teve a chance de ver sua alma.

Para ler ouvindo Asa – be My Man

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s