Antes só do que mal acompanhada

Há sinais. Sempre há sinais.
Se ele não se interessa pela sua vida, se não te vasculha, se não sente um mínimo de ciúmes, são sinais.
E te digo isso com a certeza mais plena e absoluta porque sei que quando uma pessoa está com você, tem que estar por inteiro. Via de regra e sem exageros.
E estar por inteiro é devorar sua obra, seja profissional ou pessoal. É devorar sua comida, seus amigos, sua família, seus casamentos e batizados que caem no meio do feriado, seus erros e seus acertos.
Se ela, a pessoa que está ao seu lado, não faz isso é porque, de fato, não há interesse. E é óbvio que nesse caso há, não apenas sinais, mas evidências concretas.
Mas existe uma hipótese que exclui a falta de interesse; são os casos de falta de profundidade, de recheio pessoal. Acredite em mim quando eu lhe digo que há sim pessoas rasas, que não conseguem ter a generosidade de olhar um milímetro sequer para o outro ou de retribuir sem se sentirem cobradas.
Pessoas profundas sabem receber amor. Pessoas rasas, desconfiam dele.
E esse tipo de pessoa, as tão sem conteúdo, não consegue viver a plenitude de um sentimento sincero, por mais que tentem, que se esforcem. E não é culpa delas, de jeito nenhum. Eu, por exemplo, nunca consegui aprender matemática. Imagino que a mesma lógica se aplique. Assim como há pessoas que não dão para equação de segundo grau, há gente que não consegue lidar com a entrega e a cumplicidade.
Pessoas que emitem sinais e pessoas rasas tem uma coisa em comum: são solitárias. Quem não tem para dar, não tem o que receber em troca.
Esse tipo de gente, das duas explicações, costuma ser covarde e fazer as coisas pela metade. Não consegue entrar numa relação e se entregar e muito menos sair dela olhando nos olhos, pois isso exige uma complexibilidade e uma sensibilidade da qual são completamente desprovidas.
Por isso eu digo e peço que você, que chegou até aqui por algum motivo, guarde esse conselho que lhe ofereço de graça: um homem que acaba um relacionamento sem olhar nos seus olhos, não serve para ninguém que não seja como ele. Um homem que vê a mulher, sua companheira, passando por um momento difícil e não lhe estende a mão, é uma pessoa rasa.
E, principalmente, um homem que não entende a poesia de dar flores para mulher que faz tudo por ele, é uma pessoa cuja profundidade não vai além de um copo de requeijão. Copo esse que, aliás, transbordou faz tempo, com uma última gotinha d’água.

Para ler ouvindo Kings Of Leon – Use Somebody

One response to “Antes só do que mal acompanhada

  1. Falou tudo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s